fbpx Dicas para uma rotina mais leve na pandemia - Libertas - Libertas

Dicas para uma rotina mais leve na pandemia

A gente esperava que o fim de 2020 levasse embora o coronavírus, mas não foi isso que aconteceu. Pelo contrário, novas variantes surgiram em 2021 e cá estamos todos ainda em quarentena. Temos a perspectiva de fim, claro, especialmente com as vacinas, mas provavelmente só no segundo semestre a vida deve começar a voltar ao normal.

Por isso, temos que continuar firmes no distanciamento social, evitando ao máximo sair de casa e sem fazer festinhas ou reuniões com a galera, mesmo que em lugares abertos. Claro que, depois de um ano de quarentena, está difícil seguir essas medidas restritivas, mas é para a nossa própria saúde e a de quem amamos.

Pois bem, como lidar com mais um período de confinamento sem se esgotar física e emocionalmente? Trouxemos algumas dicas fáceis de seguir e que vão te ajudar a ficar bem.

  1. Informe-se, mas não muito.

É fundamental estar bem informado sobre o coronavírus, especialmente por fontes seguras e confiáveis. No entanto, consumir notícias o dia todo sobre a pandemia pode provocar ansiedade, estresse e esgotamento emocional. Equilibre a quantidade de informação que você acessa diariamente com outros conteúdos, mais leves, agradáveis e descontraídos, para compensar.

  1. Tenha uma rotina possível.

Ficando o dia todo em casa, a gente acaba se enrolando com as tarefas diárias. Sejam as domésticas, sejam as da faculdade. Especialmente com as aulas on-line! Por isso, crie uma rotina, fixando horários para cada atividade. Mas uma que seja possível. Não encha cada minuto do seu dia com obrigações pois, se uma delas furar, você vai se sentir frustrado e a ideia de criar uma rotina de atividades para organizar seu dia e fazer você se sentir bem vai por água abaixo.

  1. Você tem um hobby?

Pense numa atividade que você gosta e que possa ser realizada dentro de casa. Artesanato, pintura, leitura, cozinhar, escrever, entre outras. Encontre a que faz você se distrair e até perder a noção do tempo e dedique-se rotineiramente a ela. Vai aliviar a pressão emocional da quarentena, você vai ver.

  1. Mantenha contato com as pessoas.

Tudo bem que não dá pra fazer festa com os amigos, visitar os avós, tios e primos, mas dá pra manter contato com todos eles, sim. Pra isso existem ligação telefônica, mensagens e videochamadas por whatsapp, zoom, skype e rede sociais. Ficar sozinho não é da natureza humana e, se não dá pra abraçar, dá pra ouvir a voz, ver o sorriso e bater papo on-line com as pessoas queridas à vontade!

  1. Cada coisa em seu lugar.

Manter a casa organizada, com tudo no lugar, pode parecer discurso de gente chata, mas saiba que é comprovado que um ambiente desorganizado gera estresse. Por isso, mantenha seu quarto e/ou sua casa (depende da sua responsabilidade nas tarefas diárias) em ordem. Isso ajuda você a se concentrar no que realmente importa, especialmente neste momento: sentir-se bem dentro de casa. Mas não precisa fazer tudo de uma vez. Lembra da rotina possível? Inclua a organização como parte daquela rotina, fazendo um pouco por vez.

 

Essas cinco dicas não resolvem tudo, mas ajudam muito, pode acreditar. Agora, não esqueça do mais importante, que é prestar atenção em si mesmo, nos seus sentimentos e emoções. Se sentir que está muito difícil aguentar sozinho a pressão, procure ajuda. Não espere a tristeza tomar conta. Apesar do novo e difícil normal, vamos superar isso tudo juntos.

Logo

Nós usamos cookies

Este site usa cookies para aprimorar sua experiência de navegação.

Receba novidades

Cadastre-se e receba tudo sobre cursos, artigos acadêmicos, processo seletivo e muito mais!