fbpx Mitos e verdades sobre doação de sangue - Libertas - Libertas

Mitos e verdades sobre doação de sangue

Dia 14 de junho marca o Dia Mundial do Doador de Sangue e no finzinho do mês aproveitamos a data para abordar esse tema tão importante para a saúde. Em linhas gerais, pode doar sangue todo adulto entre 18 e 69 anos em boas condições de saúde.

No entanto, apenas 1,6% da população brasileira é doadora, enquanto que o ideal, segundo a Organização Mundial da Saúde, é que de 3,5% a 5% da população de um país doe sangue. Para piorar, doação de sangue é um tema bastante polêmico e existem muitas inverdades a respeito, que provocam receio nas pessoas. Por isso, elaboramos uma lista com alguns mitos e verdades sobre a segurança deste ato capaz de salvar tantas vidas.
Para saber mais, visite os sites do Ministério da Saúde e da Fundação Hemominas. Eles foram as fontes para as informações a seguir:

 

– Quem doa sangue uma vez tem que doar sempre (MITO)

Você pode doar sangue apenas uma vez na vida se quiser.

– Não posso doar sangue se fiz tatuagem recentemente (VERDADE)

Tatuagem ou maquiagem definitiva devem ter sido feitas há pelo menos 12 meses antes da doação de sangue. 

– Doar sangue pode causar doenças (MITO)

O material utilizado para coleta é descartável e não há contato com sangue de outra pessoa.

– Algumas doenças inviabilizam a doação por toda a vida (VERDADE)

Não podem doar quem tem ou teve: malária, doença de chagas, qualquer tipo de câncer (incluindo leucemia), teste positivo de HIV, hepatite após os 10 anos de idade, diabetes com complicações vasculares ou uso de insulina, se sofreu transplante de órgão ou medula e quem tem problemas graves no pulmão, rins ou fígado. Também não deve doar quem tem problemas de coagulação de sangue.

– Doar engrossa ou afina o sangue (MITO)

Não há nenhuma alteração no sangue pelo ato de doar.

– Não devo beber álcool antes de doar sangue (VERDADE)

É preciso um intervalo mínimo de 12 horas entre o consumo de bebida alcoólica e a doação de sangue.

– Devo estar em jejum para doar sangue (MITO)

É exatamente o contrário. Ninguém pode doar sangue em jejum.

– Existe um peso mínimo para doar sangue (VERDADE)

Só pode doar sangue quem pesa acima de 50 quilos.

– Só se pode doar sangue a cada seis meses (MITO)

O intervalo entre as doações de sangue é de 90 dias para mulheres e 60 dias para homens.

– Grávidas e lactantes não podem doar sangue (VERDADE)

Doar sangue durante a gravidez e no período da amamentação pode gerar problemas de saúde. A proibição se estende a quem deu à luz ou sofreu interrupção da gestação há menos de três meses.

Logo

Nós usamos cookies

Este site usa cookies para aprimorar sua experiência de navegação.

Receba novidades

Cadastre-se e receba tudo sobre cursos, artigos acadêmicos, processo seletivo e muito mais!